domingo, 1 de maio de 2016

Pequena Biografia Non sense do Agora.


Lerdinha, distraída,esquisita!

Quase sonolenta pra vida
Não fossem as borboletas,
 flores e movimento das folhas secas
A chamar a atenção...

Pouca bagagem!

Só uns versinhos soltos na paisagem
Histórias de infância e de chuva
Cheiro de livros, amor e café
E uma canoa furada a remar contra a maré....

Muito a aprender

Sobre o silêncio e a luz de cada um
E as coisas todas não lá muito comuns
Essências em frascos pequenos
 receitas de amor e veneno...

Ah! 

E umas crendices antigas, demodés
relicário  particular de clichês
sonhos velhos, coisas em extinção
Que sopra baixinho, em forma de oração...


#

Porque o facebook  pediu uma biografia.
Não sei fazê-la, ainda está em construção.
Então fiz uma pequena biografia Non Sense do agora. =) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário