terça-feira, 6 de setembro de 2011

“Cordel Drumontante”*


E agora?
Maria e José?
E agora?
Distinta a luz no poste
Que alumia o rosto
A agonia e o gozo
Norte e Sul...
Não mais dois
Para cada lado
Um!
...
Vento balança
A saia de Maria
José , longe pensa
No cheiro que sorri o dia
Café pra UM! (-qualquer?)
No boteco do seu João...
Sem café,
Sem almoço,
Sem jantar
O outro lado bebe o chorar!...
...
Ópera chinesa
Vai consolar Maria
O conforto de José?
As pernas de Luzia...
Ópera,pernas – apenas artifícios banais
Pensa que dançar
Já não quer mais...
Acende a lua!
Pega o telefone
-E volta atrás! #

·        * Poetizando com Drummond e Alice Ruiz, ajuntei em cordel José e Maria! =)

4 comentários:

  1. Bravo!
    Cada vez gosto mais de vir aqui.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Obrigada,Fabiano!Venha sempre, esta que vos escreve fica feliz com teu olhar poético! =)

    ResponderExcluir