terça-feira, 15 de agosto de 2017

Pequenas considerações sobre a Vida.







Trago um vago tremor nas mãos, 
O acelerado coração anda disperso,
Quer entender a solidão dos verbos
Marcou encontro, às seis, com a ilusão!

ah! Estrangeirismo que não sai de mim...

Vivo de duvidar de onde estou
Se perco o passo
 busco o azul de um céu sem-fim!
e encontro rascunhos de um mundo que passou...

Cartas, bilhetes e poemas
Pequeno dicionário sentimental e mágico!
Mas a vida, exaure com a respiração,
(O tempo é mesmo um senhor mui trágico)

Apesar disso, sonho. 
E enfeito tudo com o melhor de mim...
De respirar, sinto sopros do Univero
A vida é mesmo perfume, ternura, luz

e verso.

#


LUZ!

Um comentário: